20 destinos pouco conhecidos que merecem sua visita no Brasil

O Brasil é um país com as mais diversas belezas naturais e urbanas. Nosso país tem atrativos para todos os gostos e lugares em que turismo está bem consolidado, com muitos visitantes todos os anos. Hoje queremos te mostrar alguns destinos pouco conhecidos que merecem ser visitados no Brasil, que fogem do habitual e são pouco explorados em nosso país, ideal para quem busca um lugar diferente.

São tantas cidades lindas para conhecer em nosso país e tanta diversidade… mas muitas vezes acabamos viajando para os mesmos lugares ou para destinos mais populares no cenário nacional. Aqui apresentamos várias opções de lugares para viajar no Brasil, mas que são mais difundidos entre o turismo regional. Talvez você ainda não tenha ouvido falar de alguns desses lugares e é esse fato que o torna interessante para muitos viajantes. Confira!

Destinos pouco conhecidos que merecem ser visitados no Brasil:

1 – Domingos Martins – Espírito Santo

O município de Domingos Martins faz parte da região das Montanhas Capixabas e abriga belas paisagens montanhosas, com um clima ameno. A região foi colonizada por italianos e alemães e sua gastronomia oferece excelentes pratos. A área é ótima para quem buscar ar puro, quer ver cachoeiras, fazer trilhas e conhecer pequenos negócios de produtores locais, que vendem queijos, cafés e licores produzidos por lá. Vale a pena reservar um dia para conhecer o Parque Estadual de Pedra Azul, uma pedra que se destaca entre outras montanhas e parecer ter um lagarto tentando subí-la.

pedra azul es

Imagem: Juliana Lira Heringer Ferreira

2 – Nobres – Mato Grosso

Localizada a cerca de 150 km de Cuiabá, Nobres é mais um destino para quem quer se conectar com a natureza. Com rios cristalinos cheios de peixes onde é possível fazer flutuação, cachoeiras e cavernas, a cidade é um destino pacato, ideal para relaxar. Constantemente a cidade é comprada com Bonito, outro importante destino de ecoturismo no país.

Imagem: Wilmar Carrilho

3 – Chapada das Mesas – Maranhão

O Parque Nacional da Chapada das Mesas está localizado no sul Maranhão e é uma viagem muito indicada para quem busca contato com a natureza. A região tem cachoeiras, trilhas, belas formações rochosas e poços de água cristalinas. Carolina é a cidade que você pode usar como base para fazer seus passeios pela região, seja por conta própria ou com um guia.

Imagem: Otávio Nogueira

4 – Aparados da Serra – Rio Grande do Sul e Santa Catarina

Aparados da Serra é uma região entre o Rio Grande do Sul e Santa Catarina que compreende diferentes cidades e possui cânions com paisagens incríveis, cercados pela mata, atlântica, dentre eles o Cânion do Itaimbezinho e Fortaleza. A área compreende o Parque Nacional de Aparados da Serra, um bom destino para apreciar paisagens naturais, fazer trilhas, pique-nique e caminhadas ao ar livre. Cambará do Sul (RS) fica no topo da serra e é uma das cidades para ter como base para explorar o Parque Nacional, mas há várias outras cidades próximas, com o mesmo clima de frio e neblina, característicos da região. Também é possível se hospedar aos pés da serra, em Praia Grande (SC), de onde partem várias trilhas pelo interior dos cânions.

Imagem: Germano Roberto Schüür

5 – Alter do Chão – Pará

Cercado pela floresta amazônica e por praias de água doce, Alter do Chão é um destino já conhecido no Norte do país, mas talvez não tão popular em outras regiões. É um lugar pequeno, tranquilo, excelente para descansar e explorar uma parte do Brasil ainda pouco conhecida por muitos viajantes, regada a dias de muito sol e praias tranquilas. Veja aqui mais dicas de Alter do Chão.

praias desertas no brasil

Imagem: Monique Renne

6 – Vale Europeu, Santa Catarina

O Vale Europeu é uma região catarinense formada por diferentes municípios, entre eles BlumenauPomerode, Rodeio, Nova Trento e Ascurra. A região tem cidades colonizadas por europeus, e uma das grandes atrações é justamente a herança cultural deixada por imigrantes alemães, italianos, austríacos e poloneses. Mas há muito mais: além das festas temáticas anuais, como a Oktoberfest de Blumenau e a Páscoa em Pomerode, a região ainda conta com cachoeiras, grutas, montanhas, cânions, rios e florestas. É uma opção de viagem bem legal para praticar esportes na natureza, como rafting, trilhas e ciclismo. Aliás, o Circuito Vale Europeu de Cicloturismo foi o primeiro caminho planejado para ser percorrido com bicicleta no Brasil. São 300 quilômetros de estradas rurais, com boa infraestrutura, cervejarias e outros atrativos naturais, feitos geralmente em sete dias de pedalada. Boa dica para os ciclistas, que podem conferir neste post 8 roteiros de cicloturismo no Brasil.

Imagem: Monique Renne

7 – Serra da Capivara – Piauí

Localizado no sul Piauí, o Parque Nacional da Serra da Capivara é considerado Patrimônio Mundial da UNESCO e essa introdução já resume o seu valor cultural e histórico. O Parque é uma joia, um museu a céu aberto, que além de curiosas formações geológicas e paisagens da caatinga, possui a maior concentração de sítios arqueológicos nas Américas e um enorme número de grafismos e pinturas rupestres. É um local muito interessante para ver de perto, e em nosso país, os vestígios da presença do homem na pré-história.

Imagem: Py4nf

8 – Ubajara – Ceará

Localizada a cerca de 300 km de Fortaleza, Ubajara tem um clima bem diferente do litoral cearense e está a cerca de 850 metros de altitude. Na região fica a Serra da Ibiapaba, onde está o Parque Nacional de Ubajara e um dos grandes destaques dessa região é ter com ecossistemas bem diferentes próximos, a mata úmida e mata seca, além de uma transição entre elas. Por lá você poderá fazer trilhas, observar cachoeiras e a paisagem através de mirantes, visitar até cavernas e também fazer um passeio de teleférico, que leva a pontos diferentes do parque. O teleférico ficou algum tempo fechado para reformas e deve ser reaberto em breve.

Imaegm: deltafrut

9 – Anavilhanas, Amazonas

O arquipélago amazonense de águas fluviais, a cerca de 2h30 de Manaus, faz parte do Parque Nacional de Anavilhanas. O local oferece a oportunidade de conhecer mais de perto as belezas da Amazônia e tem cenários distintos no período de seca, quando se formam praias, e no período de chuva, quando se formam os igapós, que são como trilhas aquáticas em que se pode “adentrar” na floresta com barcos.

Imagem: Lincoln Barbosa

10 – Serra Catarinense – Santa Catarina

Considerada uma das regiões mais frias do Brasil, a serra catarinense abriga cidades como Urubici, São Joaquim e São Jardim da Serra. A região, que é conhecida nos noticiários por às vezes ter neve, se destaca pelas paisagens naturais montanhosas, cachoeiras e estradas com curvas, como na Serra do Rio do Rastro. É também um lugar excelente para amantes do enoturismo, já que têm ótimas vinícolas.

Imagem: Thiago makowski

11 – Ilha do Mel, Paraná

A Ilha do Mel é um nome já popular entre os moradores do sul do Brasil e oferece lindas praias, dentre elas algumas das praias mais belas do Paraná. Para chegar a ilha será preciso fazer um trajeto de barco e por lá as distâncias são percorridas a pé ou de bicicleta. Com várias trilhas, mata e praias bem preservadas, é uma boa opção para quem busca sossego.

12 – Visconde de Mauá, Rio de Janeiro

Com trilhas, cachoeiras, morros e muita interação com a natureza, Visconde de Mauá, no Rio de Janeiro e bem pertinho de Minas, é um destino para quem quer aproximação com a natureza. A cidade é muito legal para quem busca um fim de semana tranquilo, ideal para conhecer a fauna e flora da região e renovar a energias antes de voltar pro dia a dia cheio de atividades.

13 – Cânions do Xingó, Alagoas/Sergipe

Os cânions do Xingó podem ser visitados a partir de Alagoas ou do Sergipe e se formaram com a instalação da Hidrelétrica do Xingó e represamento do Rio São Francisco, em 1996. Os cânions são navegáveis e oferecem lindas paisagens através dos passeios de barco disponíveis na região. Quem quer se hospedar por lá pode ficar nas cidades de Canindé de São Francisco ou Piranhas.

14 – Itaúnas, Espírito Santo

A pequena Itaúnas é um vilarejo no norte do Espírito Santo, banhado por rios e pelo mar. É um lugar com dunas de areia, famoso pelo forró e pela beleza alcançada através da simplicidade. O lugar é conhecido entre os moradores do estado, mas ainda pouco difundido como destino turístico e essa sua tranquilidade é um grande chamariz para quem procura férias tranquilas.

Imagem: Eduardo Magalhães Pontara

15 – Guaraqueçaba – Paraná

Localizada no litoral paranaense, na divisa com o estado de São Paulo, Guaraqueçaba é uma cidade muito bacana para quem gosta de turismo na natureza. A cidade abriga o Parque Nacional do Superagui uma das maiores áreas renascentes de mata atlântica do país. É um local pequeno, de praias virgens, com flora e fauna bem preservadas, cachoeiras, mata para fazer trilhas e também passeios de barcos. Boa dica para quem quer visitar locais pouco explorados pelo turismo.

16 – Pirenópolis – Goiás

A pequena Pirenópolis  ou apenas “Piri” para os mais íntimos, é uma cidade pequena, muito frequentada nos fins de semana, que tem uma arquitetura charmosa cheia de casarões coloniais e ruas de pedra. Ela está em meio cerrado, com várias cachoeiras ao redor e uma excelente estrutura para quem quer ficar bem hospedado. Muitas pessoas que vivem em Brasília procuram Piri quando querem relaxar.

17 – Trindade, Rio de Janeiro

Trintade é como uma irmã menos famosa de Paraty, e é um destino bastante comum entre os visitantes dessa região litorânea do Rio de Janeiro. A vila faz parte do município de Paraty e é destino certo dos amantes de belas porções de areia e mar. Por lá você pode conhecer a  Praia de Fora (ou Praia do Rancho), Praia do MeioPraia do CachadaçoPiscina Natural do Cachadaço e Praia do Cepilho. Leia mais no Guia de Paraty!

18 – Lavras Novas – Minas Gerais

A cidade de Lavras Novas esconde em meio às montanhas um ar bucólico e acolhedor. O povoado é repleto de casinhas coloridas, pousadas à beira das montanhas, turismo de aventura e muita comida mineira. É o lugar ideal para uma escapada de Ouro Preto no final de semana. Os moradores recebem os turistas como se fossem de casa e rapidamente você estará ambientado entre as mesinhas no jardim e os belos artesanatos da região.

19 – Ponta do Corumbau – Bahia

A Costa do Descobrimento, como é conhecida a região do Litoral Sul da Bahia próxima ao Monte Pascoal, ainda esconde alguns belos segredos dos viajantes. E um dos tesouros mais bem guardados entre as praias da Bahia é a maravilhosa Ponta do Corumbau, onde uma longa faixa de areia adentra o mar na maré baixa e forma uma trilha que parece levar direto ao paraíso. É o destino ideal para quem deseja descanso total e distância da vida agitada das grandes cidades.

20 – Monte Roraima, Roraima

O último integrante da nossa lista, mas não menos importante, é o Monte Roraima, que está na tríplice fronteira entre Brasil, Venezuela e Guiana. Ele se diferencia de outras formações rochosas altas por ter uma base plana e oferecer paisagens bem exóticas, com direito a cachoeiras, lagos, mirantes e cavernas. O local é conhecido através de expedições de trekking que saem do lado venezuelano, em circuitos que levam alguns dias a depender do trajeto escolhido, dormindo em acampamentos ao longo do percurso.

 

E você, já visitou algum desses destinos? Tem mais sugestões de lugares pouco conhecidos que merecem ser visitados no Brasil? Conta pra gente nos comentários!